terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Imagens fortes: Veja vídeo de ladrões sendo linchados pela população no Maiobão

Na tarde de sexta-feira (20), dois indivíduos não identificados tentaram roubar um motociclista (segundo informações um mototaxista) nas imediações da avenida 1 do Maiobão, no município de Paço do Lumiar. Ao anunciarem o assalto, a vítima teria esboçado um gesto de reação, levando um dos meliantes a sacar um revólver e alvejar três tiros em direção da vítima, entretanto a arma travou e felizmente os projéteis não dispararam.

Ao ver a cena, moradores que estavam próximos correram atrás dos bandidos e quando alcançaram os dois, tentaram linchá-los.

Com socos, pontapés, pedradas e muitos chutes, a população que presenciou o assalto só parou com a agressão quando a viatura da Polícia Militar do Maiobão chegou ao local. Os dois ladrões ficaram com muitos hematomas e ferimentos pelo corpo, chegando a sangrar bastante.

Segundo informações colhidas com a Polícia Militar, os indivíduos portavam uma arma de calibre 32 muito velha. “Possivelmente a vítima teria sua moto arrastada pelos bandidos, só que o plano deles foi por água abaixo quando a velha arma não conseguiu detonar os projéteis”, informou o sargento que comandava a equipe da PM.

Veja acima o vídeo postado na internet (Youtube) que mostra o momento do espancamento dos bandidos e a chegada da Polícia. São cenas bastante fortes. (Com informações do blog do jornalista Moreira Neto)

Nota (16h50): De acordo com o jornal O Imparcial, os dois ladrões morreram, um deles ainda no local e o outro no hospital. Na manhã desta segunda-feira (23) a reportagem de O Imparcial foi em busca de mais informações sobre o caso. Os dois rapazes foram identificados no Instituto Médico Legal (IML) como: Raimundo Sousa da Silva Filho, de 32 anos; e Ailson José Lopes, de 30 anos, ambos moradores do Maiobão. O último foi enterrado nesta segunda no Cemitério do São Cristóvão. O caso foi registrado no Plantão de Polícia Civil do Cohatrac, mas será investigado pela equipe da Delegacia do Maiobão.


Nenhum comentário: