quarta-feira, 25 de junho de 2008

G E O R G E L A M O N D


George Garcia nasceu em Washington D.C., Capital dos Estados Unidos. Quando Menino se mudou para o Bronx, em Nova York com sua família, de oito pessoas no total. Nessa época, Garcia se mostrou interessado em expressar seu talento na arte, especificamente com desenhos. Convencido que o poder da arte seria a direção certa, não havia nada que tirasse o seu interesse nesse campo, onde queria estudar e seguir carreira. Com ajuda e suporte da família, George se inscreveu numa escola especializada em artes e designer, em Nova York.

Ele começou seus estudos visando um campo a seguir dentro das artes gráficas. George Garcia era talentoso e seguro nas coisas que fazia. Ele era organizado e determinado como pessoa e praticava a arte como a coisa mais importante na vida. Porém o mundo que envolvia o jovem Garcia, prontamente determinado a conquistar o mundo, mudou o curso de sua vida lhe mostrando a direção do seu destino.

Aquele jovem também tinha um outro talento, o de cantar. Aquele tenor era flexível e fazia performance em shows locais, ao mesmo tempo, que seguia sua carreira nas artes gráficas. George se tornou uma figura regular nos vários clubes de Nova York, principalmente na cena Freestyle da época. Mesmo muito jovem, ele tinha um caminho a escolher pela frente. E ele tomou a decisão certa em sua vida. Pois George Garcia não era apenas outro jovem tentando a sorte na música ou outro calouro de clube. A sua carreira no Freestyle estava no sangue de sua família. George começou fazendo backing vocal nos singles “Everything I Own” e “Counting The Days” de seu primo Joey Kidd. Então ele passou a ser uma figura conhecida na comunidade musical de Nova York, emprestando sua voz para vários outros artistas.

Nesse meio tempo, George conheceu os produtores Chris Barbosa e Mark Ligget, que estavam montando a Ligosa Records e já tinham lançado o grupo Monet, e naquele momento estavam formando um novo grupo chamado Loose Touch. Pois em 1989, aos 18 anos de idade, George gravou o single “Bad Of The Heart” à frente do grupo Loose Touch. Com uma boa resposta do público, Barbosa e Ligget levaram a gravação para uma gravadora maior e com a ajuda de um amigo que trabalhava na Columbia Records, George assinou com a gravadora e re-lançou “Bad Of The Heart”, agora creditado simplesmente como George Lamond, seu nome artístico.

O single entrou para o TOP 30 da parada POP da Billboard e tornou George Lamond o artista Freestyle do momento, com sua voz poderosa e performance energética, assim definiram os críticos da época. Mais tarde vieram mais dois singles “Without You” e “Look Into My Eyes” até o lançamento do primeiro album “Bad Of The Heart”, mostrando ao Mercado da música a nova cara do Freestyle.

1989 Ligosa Records




1990 Columbia Records

1990 Columbia Records

1990 Columbia Records

GEORGE LAMOND - LOVE'S CONTAGIOUS (FREESTYLE DANCE REMIX)
1990 Columbia Records
Informações: Nação Freestyle

Nenhum comentário: